Notícias sobre ingresso na POLÍCIA MILITAR DE SÃO PAULO.


OFICIAL DA POLÍCIA MILITAR DE SÃO PAULO - APMBB


BANCA FGV - NOVAS TURMAS PRESENCIAIS NO TELLES PIRES - INTENSIVO APMBB

INÍCIO: IMEDIATO no modelo online, onde o aluno acessará nossa plataforma com aulas gravadas diariamente pelos professores do GETEPE já com o foco para a banca FGV, acesso a aulas ao vivo pelo aplicativo ZOOM, chat de dúvidas e muito mais. Você poderá acessar todas as aulas gravadas pelo prazo de 5 meses. E quando a situação normalizar em São Paulo, aulas presenciais em nossa unidade física.

Período: Manhã, Tarde e Noite


CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER SEM SAIR DE CASA


CONHEÇA NOSSO CURSO ONLINE ESPECÍFICO PARA A APMBB - AULAS VOLTADAS PARA A FGV ATUALIZADAS DIARIAMENTE

- CONCURSO PREVISTO PARA 12/07/2020


- 130 VAGAS


- Remuneração: A remuneração inicial do cargo de Aluno-Oficial PM do 1º CFO é de R$ 3.268,33, ), sendo que as parcelas que a compõem são: padrão no valor de R$ 1.262,23 (mil, duzentos e sessenta e dois reais e vinte e três centavos), Regime Especial de Trabalho Policial (RETP), previsto na Lei nº 10.291/68, no valor de R$ 1.262,23 (mil, duzentos e sessenta e dois reais e vinte e três centavos) e insalubridade, prevista na Lei Complementar nº 432/85, com alterações da Lei Complementar nº 1.179/12, no valor de R$ 743,87 (setecentos e quarenta e três reais e oitenta e sete centavos).


- Atribuições do cargo: cumprindo as condições para a posse o Aluno-Oficial PM cursará a graduação, Bacharelado em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública, de forma sequencial e consecutiva, que se destina a formar, com solidez teórica (Ciência Política, Didática, Sociologia, Gestão de Finanças etc) e prática (Educação Física, Técnicas de Direção Policial Preventiva, Procedimentos Operacionais Padrão, Tiro Defensivo na Preservação da Vida – Método Giraldi, Ordem Unida, Maneabilidade Básica à Cavalo etc), o profissional ocupante do posto inicial de Oficial, tornando-o apto à gestão e comando de pessoas e análise e administração de processos, por intermédio da utilização ampla de conhecimentos na busca de soluções para os variados problemas pertinentes às atividades jurídicas e administrativas de preservação da ordem pública e de polícia ostensiva, em conformidade com a filosofia de polícia comunitária e direitos humanos, além de outras definidas em lei.

Requisitos para ingresso Os requisitos para ingresso, conforme dispõe a Lei Complementar nº 1.291, de 22 de julho de 2016, são:

  1. Ser brasileiro;

  2. Ter idade mínima de 17 (dezessete) anos;

  3. Ter idade máxima de 30 (trinta) anos, exceto para quem já é Policial Militar;

  4. Ter estatura mínima de 1,55m, se mulher, e de 1,60m, se homem;

  5. É permitido o uso de tatuagem, desde que sua simbologia não seja conflitante com os valores policiais-militares e não faça alusão a condutas ilícitas;

  6. Estar quite com as obrigações militares e eleitorais;

  7. Possuir boa saúde, higidez física, mental e perfil psicológico compatível com o cargo;

  8. Ter concluído o Ensino Médio ou equivalente;


– DOS PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÃO 1. A inscrição do candidato implica o conhecimento e a aceitação das normas e condições estabelecidas neste Edital e nos anexos que o acompanham. 2. O candidato deverá recolher o valor da taxa de inscrição somente após tomar conhecimento de todos os requisitos e condições exigidos para o concurso público. 3. A inscrição será efetivada mediante o preenchimento da ficha de inscrição, pela internet, e o pagamento da sua respectiva taxa. 4. As informações prestadas na ficha de inscrição são de inteira responsabilidade do candidato, podendo a Polícia Militar do Estado de São Paulo excluir do concurso público aquele que a preencher com dados incorretos, bem como prestar informações inverídicas, ainda que o fato seja constatado posteriormente. 5. As inscrições deverão ser realizadas somente pela INTERNET, no site https://fgvprojetos.fgv.br/concursos, no período das 10h00 de 15 de abril de 2020 às 23h59 de 15 de maio de 2020 (NOVAS DATAS A DEFINIR). 5.1. o candidato poderá realizar o pagamento da taxa de inscrição até o 1º dia útil subsequente ao término do período das inscrições. 6. Para inscrever-se, o candidato deverá, no período das inscrições: 6.1. acessar o site https://fgvprojetos.fgv.br/concursos; 6.2. localizar no site o “link” correlato ao concurso público; 6.3. ler total e atentamente o respectivo Edital e preencher corretamente a ficha de inscrição, optando para realizar os Exames de Conhecimentos (Partes I e II) em um dos seguintes Municípios: 6.3.1. Araçatuba; 6.3.2. Bauru; 6.3.3. Campinas; 6.3.4. Piracicaba; 6.3.5. Presidente Prudente; 6.3.6. Ribeirão Preto; 6.3.7. Santos; 6.3.8. São José do Rio Preto; 6.3.9. São José dos Campos; 6.3.10. São Paulo; 6.3.11. Sorocaba.


- DA PRESTAÇÃO DOS EXAMES DE CONHECIMENTOS (PROVA OBJETIVA – PARTE I) 1. A Prova Objetiva (Parte I) tem data prevista para realização em 12 de julho de 2020, com início às 08h00. 1.1. a Prova Objetiva (Parte I), com duração de 4 (quatro) horas, constará de 80 (oitenta) questões de múltipla escolha com cinco alternativas cada uma, sendo apenas uma alternativa correta, de acordo com o conteúdo programático constante do “Anexo B”: 1.1.1. Ciências Humanas e suas Tecnologias – 20 (vinte) questões, sendo: 1.1.1.1. História: 6 (seis) questões; 1.1.1.2. Filosofia: 4 (quatro) questões; 1.1.1.3. Sociologia: 4 (quatro) questões; 1.1.1.4. Geografia: 6 (seis) questões; 1.1.2. Linguagens e Códigos – 24 (vinte e quatro) questões, sendo: 1.1.2.1. Língua Portuguesa e interpretação de texto: 18 (dezoito) questões; 1.1.2.2. Língua Inglesa ou Espanhola: 6 (seis) questões; 1.1.3. Matemática e Ciências da Natureza – 30 (trinta) questões, sendo: 1.1.3.1. Matemática: 12 (doze) questões; 1.1.3.2. Física: 6 (seis) questões; 1.1.3.3. Química: 6 (seis) questões; 1.1.3.4. Biologia: 6 (seis) questões; 1.1.4. Conhecimentos Específicos – 6 (seis) questões, sendo: 1.1.4.1. Noções de Administração Pública: 2 (duas) questões; 1.1.4.2. Noções Básicas de Informática: 4 (quatro) questões.


CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O EDITAL COMPLETO

Evolução na Carreira A carreira do Oficial da Polícia Militar se inicia no cargo de Aluno-Oficial PM, com a frequência ao Curso de Bacharelado em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública, realizado na Academia de Polícia Militar do Barro Branco (APMBB). Ao término do curso, o Aluno-Oficial PM é promovido a Aspirante a Oficial PM, passando a cumprir o estágio probatório. Após esse período, o Aspirante a Oficial PM é promovido ao posto de 2º Tenente PM. As promoções ocorrerão ao longo da carreira, de acordo com o tempo de serviço, por meio de abertura de vagas, podendo o Oficial chegar até o posto de Coronel PM.

Vantagens e Benefícios O policial militar dispõe de um regime próprio de previdência, conta com assistência médica e odontológica, além de assistência psicológica. O policial recebe, ainda, fardamento e acessórios, podendo também usufruir de alojamentos.

Regime de Trabalho A jornada de trabalho dos Oficiais do QOPM é de 40 (quarenta) horas semanais, conforme o previsto no artigo 3º do Decreto nº 52.054, de 14 de agosto de 2007, para aqueles que atuam em atividades administrativas. Os Oficiais que atuam em atividades operacionais normalmente cumprem a jornada em regime de escala de 12 (doze) horas de serviço por 36 (trinta e seis) horas de folga, nos termos do artigo 5º do referido decreto. Entretanto, podem ser estabelecidos outros regimes de escala de acordo com as peculiaridades da função e do local de atuação.



SOLDADO DA POLÍCIA MILITAR DE SÃO PAULO


Último concurso publicado, clique aqui




NOVAS TURMAS PRESENCIAIS!!!

INÍCIO IMEDIATO NO FORMATO ONLINE, ONDE O ALUNO PODERÁ ACESSAR AULAS ATUALIZADAS DIARIAMENTE E A PARTIR DA NORMALIZAÇÃO EM SÃO PAULO AULAS EM NOSSA UNIDADE FÍSICA.

FAÇA SUA INSCRIÇÃO SEM SAIR DE CASA, CLIQUE AQUI


Quadro de Praças Policiais Militares (QPPM)

Descrição da Carreira

Às Praças da Polícia Militar caberá o exercício da missão constitucional de realizar o policiamento ostensivo e as atividades de preservação da ordem pública, o que envolve a repressão imediata às infrações penais e administrativas bem como a aplicação da lei, sempre primando pela defesa da vida, da integridade física e da dignidade da pessoa humana. O referido cargo corresponde, justamente, ao operacional de polícia, ou seja, aquele que presta diretamente os serviços de segurança pública nas ruas paulistas, sendo empregado nos mais diversos Programas de Policiamento, como Radiopatrulha – Atendimento “190”, Policiamento Escolar, Policiamento com Motocicletas – “ROCAM”, Policiamento de Trânsito, Força Tática, Policiamento Comunitário, entre outras modalidades.


Requisitos para ingresso

Os requisitos para ingresso, conforme dispõe a Lei Complementar nº 1.291, de 22 de julho de 2016, são:

  • Ser brasileiro;

  • Ter idade mínima de 17 (dezessete) anos;

  • Ter idade máxima de 30 (trinta) anos;

  • Ter estatura mínima de 1,55m, se mulher, e de 1,60m, se homem;

  • É permitido o uso de tatuagem, desde que sua simbologia não seja conflitante com os valores policiais-militares e não faça alusão a condutas ilícitas;

  • Estar quite com as obrigações militares e eleitorais;

  • Possuir boa saúde, higidez física, mental e perfil psicológico compatível com o cargo;

  • Ter concluído o Ensino Médio ou equivalente;

  • Ser habilitado para condução de veículo entre as categorias “B” e “E”.


Remuneração

A remuneração inicial, do cargo de Soldado PM de 2ª Cl, é de R$ 3.143,70. Após a conclusão do Curso de Formação e o término do estágio probatório, a remuneração, na graduação de Soldado PM de 1ª Cl, é de R$ 3.476,12, conforme tabela de vencimentos anexa à Lei Complementar nº 1.317, de 21 de março de 2018.


Evolução na Carreira

A carreira policial-militar do QPPM se inicia na graduação de Soldado PM de 2ª Classe, com a frequência ao Curso Superior de Técnico de Polícia Ostensiva e Preservação da Ordem Pública. Após o término do curso e passado o período do estágio probatório, o policial será enquadrado na graduação de Soldado PM de 1ª Classe. As promoções ocorrerão ao longo da carreira, de acordo com o tempo de serviço, por meio de abertura de vagas e realização de concursos internos, podendo a Praça chegar até a graduação de Subtenente PM.


Vantagens e Benefícios

O policial militar dispõe de um regime próprio de previdência, conta com assistência médica e odontológica, além de assistência psicológica. O policial recebe, ainda, fardamento e acessórios, podendo também usufruir de alojamentos.


Regime de Trabalho

A jornada de trabalho das Praças da Polícia Militar é de 40 (quarenta) horas semanais conforme o previsto no artigo 3º do Decreto nº 52.054, de 14 de agosto de 2007, para aqueles que atuam em atividades administrativas. As Praças que atuam em atividades operacionais normalmente cumprem a jornada em regime de escala de 12 (doze) horas de serviço por 36 (trinta e seis) horas de folga, nos termos do artigo 5º do referido decreto. Entretanto, podem ser estabelecidos outros regimes de escala de acordo com as peculiaridades da função e do local de atuação.



418 visualizações

CONTATO

ENDEREÇO

Rua Vergueiro nº 727- 6º Andar - Liberdade - São Paulo

TELEFONE 

(11) 2391 7381 / (11) 2391 7382 / (11) 2391 7384

(11) 97192 0102 (para dúvidas gerais)

(11) 95044 0102 (para dúvidas dos cursos online)

E-MAIL 

contatogtp@tellespires.com.br

financeiro@getepe.com.br

SIGA-NOS 

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

Nome *

Email *

Assunto

Mensagem

  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Instagram
  • Whatsapp